E-book "Profissão: EU!"

E-book "Profissão: EU!"
Da autora do blog "Nodo Ascendente", já à venda em raquelfialho.com

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Ensinar: Vocação ou Prisão?

Como posso ter Quíron em Gêmeos na Casa 9 e ter escolhido ser professora? 
Odeio essa profissão e não vejo a hora de sair dela. 
Agora, ao mesmo tempo que sou professora de português, busco o caminho da terapia floral e atuo também como terapeuta para futuramente ter condições financeiras de sair desta prisão do magistério. 
Eu só quero ser feliz.

Tatiana, RJ

Adaptado de Astrodienst
Todos temos talentos que expressamos com facilidade, com naturalidade, e mesmo com muito prazer. Da mesma forma, existem em nós dificuldades, debilidades, limitações inatas, feridas emocionais cuja cura parece impossível.

Cada pessoa se define, até certo ponto, pelo modo como escolhe lidar com esses "pontos fracos". E aqui o verbo essencial é mesmo escolher: tenhamos maior ou menor consciência disso, somos nós que decidimos de que forma vamos lidar com aquilo que nos causa dor ou medo. Varrer pra debaixo do tapete? Esconder no armário? Falar com um amigo? Com um psicoterapeuta? Deitar as culpas para cima dos outros? Dizer que é azar, karma, destino...? Ou encontrar uma profissão que nos obrigue a lidar com isso, dia após dia após dia? Escolher o que fazer é da nossa inteira responsabilidade individual, por muito ou pouco informada que seja essa decisão. 

Neste Mapa Astrológico encontramos a "semente" de uma pessoa inteligente, criativa, extrovertida, positiva e auto-motivada, que adora brilhar e expandir os seus horizontes mas que tem ao mesmo tempo um lado sério, reservado, responsável e intensamente emocional, profundamente empenhado em ser a melhor versão possível de si mesmo.

E no meio de tudo isto, eis que surge Quíron, o misterioso "curandeiro ferido", em grande destaque. 

Quíron em Gémeos
Sei, sinto, acredito no fundo de mim mesma que não sou inteligente. Doi-me a minha capacidade de aprender, de comunicar, e ao mesmo tempo sinto uma ânsia tremenda de adquirir informação, de estar em contacto - mesmo que nada do que eu faça sirva para apaziguar esta dor.

Como que observando distanciadamente todos os planetas do outro lado do Mapa, esta "ferida incurável" interfere diretamente com os relacionamentos (Vénus), com a capacidade intelectual (Mercúrio) e com a satisfação das necessidades emocionais mais elementares (a Lua).

Comecei a análise do Mapa com o adjetivo "inteligente" porque este Quíron pede clareza de ideias. Mas a inteligência que aqui surge refletida não é uma inteligência convencional: 

- O Ascendente Libra sugere uma abordagem lúcida e lógica de qualquer situação.

Mercúrio está em Virgem: pensamento super-analítico, super-analítico! Na Casa 12, precisa de isolar-se do quotidiano de vez em quando e vaguear um pouco pelo reino do sonho e da imaginação - mas o poder de observação e de raciocínio está lá. E em estreita colaboração criativa (sextil) com Saturno em Escorpião - que lhe dá um radar investigativo para aprofundar a análise de qualquer questão, por mais incómoda ou traumática que seja.

- A Lua em Sagitário, juntinho a Urano retrógrado na Casa 3. Este é um elemento determinante daquilo a que chamaria "inteligência não-convencional": uma intuição apuradíssima, quase clarividente, que lhe permite saber instintivamente e prematuramente muitas coisas a que um normal esforço mental não teria acesso. Este acesso quase sobrenatural a um conhecimento que está muito para além de qualquer análise racional manifesta-se na forma como você comunica e aprende com as outras pessoas.



Estes três fatores já servem para demonstrar que você é, de fato, uma pessoa inteligente. A razão porque se tornou professora? Talvez para provar a si mesma que é inteligente. Que é capaz de dominar o reino de Gémeos onde o seu Quíron a faz sentir tão vulnerável. Outras pessoas decidiriam fugir de tudo isso - não aprender, não ensinar. Você, decidiu o contrário. Enfrentar o desafio, por muito que lhe custe. É que não se trata apenas de transmitir informação. Com Quíron na Casa 9, você precisa de sentir que consegue inspirar e guiar outras pessoas na sua própria expansão de horizontes intelectuais. E com o Nodo Ascendente em conjunção a Quíron, esse desígno torna-se ainda mais importante: representa um desafio essencial na sua evolução pessoal, em que cada conquista lhe traz profunda satisfação pessoal e convicção de que mais um obstáculo foi ultrapassado com sucesso.

Você tem dentro de si um mestre (Lua-Urano) e um discípulo (Quíron), em simultâneo. Pode às vezes parecer que são incompatíveis, que as suas "batalhas quirónicas" não lhe trazem bem-estar, segurança emocional, paz interior. Mas é provável que o magistério tenha sido uma etapa essencial ao desenvolvimento dos seus talentos quirónicos, que agora pretende colocar ao serviço das outras pessoas. De certa forma, vai continuar ensinando e aprendendo, só que num nível diferente. 

Até isso acontecer, pergunte-se de que forma pode levar a sua Lua-Urano para a sala de aula. Como pode tornar a sua abordagem ao ensino mais criativa, mais estimulante e aprazível para si e para os seus alunos, muito mais inovadora e democrática com os talentos e as capacidades de cada um deles, individualmente. E, já agora, cuide também do seu Sol - que ele é um menino positivamente mimado! :-) Partilhe tudo o que a apaixona com outras pessoas que sintam o mesmo, permita-se brilhar e ser admirada por aqueles que entendem a sua visão, a sua paixão. 

Afinal, a sua viagem ainda agora começou.

Sem comentários:

Enviar um comentário